CAT tools

Corpógrafo

Segundo, Belinda Maia (professora associada na FLUP), Luís Sarmento (FEUP) e Diana Santos (responsável pelo projeto Linguateca), o Corpógrafo é “um conjunto de ferramentas disponível ‘online’. Permite coleccionar textos em vários formatos, formar e analisar corpora, extrair terminologia e criar bases de dados terminológicas. Oferece ao utilizador, através de uma simples interface na rede (Web), a possibilidade de compilar e pesquisar os seus próprios corpora . Para tarefas associadas à tradução, o Corpógrafo possui funcionalidades avançadas de pesquisa terminológica, directamente integrada num sistema de base de dados para uma fácil organização dos termos extraídos. As capacidades de pesquisa terminológica são complementadas com módulos de identificação de definições dos termos extraídos e de reconhecimento de possíveis relações semânticas entre os conceitos.”

No primeiro semestre de TAT utilizámos o Corpógrafo, mas eu pessoalmente achei um pouco confuso. Reconheço-lhe algumas vantagens, como por exemplo o facto de podermos criar várias bases de dados terminológicas e ali ficarem “armazenadas”, mas mais uma vez, em termos de organização, acho que é muito pouco intuitivo e confuso, pelo que não sei se voltarei a usar esta plataforma no meu futuro profissional.

E vocês, já utilizaram o Corpógrafo? O que pensam sobre o ele?

Até à próxima!

Advertisements
CAT tools

MemoQ

Boa tarde.
Hoje venho aqui falar um pouco do MemoQ.
O MemoQ é uma CAT tool que pode ser utilizada por tradutores individuais enquanto freelancers ou empresas de tradução, cujo objetivo é criar bases de dados que auxiliem a tradução.
Trata-se de um programa no qual colocamos o nosso texto de partida, fazemos a tradução e podemos muito facilmente adicionar termos à nossa base de dados, o que nos vai ajudar na continuação da tradução.
Na minha opinião, o programa é um pouco confuso ao início por causa das cores que aparecem no lado direito do ecrã na caixa “Translation Results” e das percentagens, que na maioria das vezes não apresentam valores muito ‘favoráveis’.
Contudo, alguns aspetos positivos que vejo na utilização do MemoQ são o facto de abrir documentos word, dá para trabalhar em vários textos ao mesmo tempo, dá para criar várias bases de dados terminológicas, dá para trabalhar em várias línguas em simultâneo, e é de utilização muito fácil, pois só temos que traduzir o segmento e confirmá-lo.
Gostei de trabalhar no MemoQ e penso que será um bom programa para utilizar futuramente enquanto profissional de tradução, porém é um programa um pouco caro, pelo que penso que apenas faz sentido gastar dinheiro na sua compra após já ter algum ‘renome’ no mundo da tradução e ter já ganho algum dinheiro.
Qual a vossa opinião?

Até à próxima!